To think!

Reinvente-se!

23 março, 2017

Nós somos os responsáveis pelas oportunidades!

Talvez você esteja no meio de um dia árduo de trabalho; talvez você tenha acabado de voltar de um; talvez você ainda está se arrumando para ir para o seu emprego… cansado, pesado e pensando que o rumo da sua vida profissional poderia mudar.

Por que nós temos a mania de culpar os outros pela falta de oportunidades? Não sou coach e muito menos profissional de RH – apesar de ter dois excelentes exemplos por perto -, sou apenas uma jornalista que vive emoções, que sonha e que tenta se reinventar.

Aliás, a criatividade de Deus é engraçada, às vezes a gente fica esperando tantos sinais enquanto Ele fala, insistentemente, todos os dias, por meio de uma publicação no facebook, de um livro, da sua família, amigos e até de um curso e foi exatamente assim que eu resolvi escrever esse texto.

DEUS E A PEPSI!

Acho que todo mundo, uma hora ou outra, chega no ponto de esgotamento e o meu estava quase chegando. Comecei a repensar o meu futuro, sobre o que eu exatamente queria fazer e duvidei se estava no caminho certo, todos os dias pedia pra Deus um sinal, mas ele nunca chegava até eu ler um estudo de caso sobre a Pepsi. Sim, Deus falou comigo por meio da Pepsi! Rs

Nesse estudo, a equipe de marketing tentava encontrar um meio para posicionar a marca nas mídias sociais. Famosa por seus refrigerantes, a Pepsi percebeu lá em 2008 que as pessoas queriam ser mais saudáveis, então, resolveu investir em uma estratégia e em um produto diferente: o chá gelado. Esquisito, né? Uma marca que antes distribuía refrigerantes, agora se preocupando com o bem-estar das pessoas. Mas é aí que está! Diante do crescente mercado da saúde, a Pepsi precisou se reinventar! Ela não deixou de produzir as bebidas gaseificadas, não deixou de acreditar na raiz da empresa, mas viu que precisava mudar um pouco a própria visão.

Assim como aconteceu com a Pepsi também pode acontecer com você. Só que a gente tem a cultura de se vitimizar e acabar desistindo. Nós pensamos que devemos fazer tal coisa e acabou! Esquecemos que podemos sim apostar nos nossos sonhos, mas que às vezes eles precisam ser adaptáveis.

CRIE OPORTUNIDADES

Essa semana, encontrei um colega de faculdade. Ele acabou de entrar para o mundo da fotografia e, olha, sinceramente, mesmo sendo recente, as fotos são sensacionais! Começamos a conversar e ele acabou me contando que tinha entregado o currículo em um loja e que ia tocar, paralelamente, a fotografia com a vaga. Acabei compartilhando com ele o case da Pepsi e também a frase que meu marido SEMPRE diz: “não trabalhe pelo dinheiro, faça ele trabalhar pra você”. Esse meu amigo, no mesmo dia, um pouco mais tarde, me disse que tinha pedido pra a loja desconsiderar o CV e que ia mergulhar na fotografia.

Ele criou as oportunidades, entendeu? Às vezes a gente fica esperando que elas surjam, caiam nas nossas mãos e ignoramos o poder que temos de criá-las. SIM! Você pode mudar o que está ao seu redor, com sua postura e pensamentos. NÃO DESISTA! REINVENTE-SE! Se não deu certo, continue insistindo e criando novos meios. Você basta!

To think!

Continue a nadar!

2 março, 2017

No final de 2016, fiz uma postagem dizendo que estava cansada de fazer planos e hoje finalmente entendi o porque escrevi aquelas palavras. Aliás, você deve estar se perguntando o que a Dory de “Procurando Nemo” está fazendo nesse post, né? Eu e meu marido fizemos a mesma pergunta na segunda passada enquanto ouvíamos a pregação do pastor Eliasaf Assis na nossa igreja. Calma, em breve você vai entender o porque!

O QUE VOCÊ TEM FEITO COM SUA VIDA?

Antes de responder essa pergunta, quero que você feche a aba do Facebook, coloque o celular de lado, desligue a televisão e dê um pause na música que está ouvindo. Por favor, feche os olhos e faça um balanço rápido de suas conquistas nos últimos três anos. Pronto?! Agora, me diz uma coisa, em que posição você colocou Deus enquanto planejava meios para conseguir tudo o que queria?

Tenho feito essa pergunta nos últimos 4 meses. Acredito no livre arbítrio, mas também tenho convicção de que Deus se importa com a minha vida ao ponto de “perder tempo” para escrever a minha história. É como se estivéssemos andando em uma rodovia e, de repente, aparecesse uma bifurcação, mas você não tem GPS e a bateria do seu celular acabou, e agora, para qual lado ir?

Muitas vezes escolhemos a direção que julgamos ser a melhor, mas, enquanto a gente se perde nas nossas ideias mirabolantes, Deus tá lá dizendo “sensacional seu plano, mas eu pensei nisso aqui, o que você acha?”. É que temos a insistente mania de nos acharmos mais sábios do que o nosso Criador.

ME PERDI NO TABULEIRO DE XADREZ

Nós só percebemos que estamos indo para o caminho errado quando perdemos nossa torre, nosso bispo, nossa rainha.. como escapar de um xeque-mate, não é mesmo? Às vezes, parece que nossa vida está super travada, que já alcançamos o limite e não vamos conseguir continuar, mas é aí que entra o poder da oração!

Quando abrimos o nosso coração para Cristo e confessamos que não queremos continuar sozinhos, Ele nos dá uma nova visão. É como se Ele mostrasse lá de cima, do ponto de vista dEle, como as coisas podem acontecer. Uma vez, disse aqui no blog que Deus não quer que você seja perfeito, apenas sincero.

Às vezes, mesmo Você falando diariamente com Deus, parece que as coisas não estão dando certo, mas é aí que eu te digo “continue a nadar”, não pare até você alcançar, continue buscando, querendo entender o que Ele tem para a sua vida. Ondas virão, o medo vai bater, você pode quase se perder, mas “continue a nadar”!

Em qualquer tempo que eu temer, confiarei em Ti | Salmos 56:3